A segurança das instalações elétricas também é um caso de polícia.

Escrito por abracopel 23 de maio de 2019 0 comentários visto 237 vezes

No último mês de maio, ações conjuntas do Inmetro, Procon e policias estaduais, fecharam fabricas de fios e cabos que forneciam produtos fora de padrões técnicos minimamente aceitáveis. Mas, infelizmente, será muito difícil fazer a substituição desses materiais onde eles já se encontram instalados.

Ao contrário do que muitos imaginam, fios e cabos fora de norma além de perigosos, o que é gravíssimo, também são um desastre econômico para quem os utiliza, já que aumentam as perdas de energia, gerando mais gastos nas unidades consumidoras onde estão instalados.

Ao longo de sua vida útil estes fios e cabos irregulares acabam custando muitas vezes mais do que aqueles fornecidos por fabricantes confiáveis.

A frente desta ação moralizadora do nosso mercado de material elétrico está a Qualifio, uma associação de fabricantes de fios e cabos que defende a qualidade deste mercado, incentivando uma concorrência saudável entre as empresas do setor.

Entre os associados da Qualifio encontra-se a nossa parceira Cobrecom, atuando em várias frentes a favor da segurança das instalações elétricas. Fornecendo produtos de qualidade, participando da Qualifio e apoiando a Abracopel.

Veja também – Previna-se contra incêndios utilizando fios e cabos de baixa tensão da IFC Cobrecom.

Todo profissional da área elétrica deve se comprometer duplamente com a qualidade dos fios e cabos utilizados no Brasil, tanto como cidadãos quanto como profissionais.

A Abracopel e a Cobrecom defendem a segurança e qualidade das instalações elétricas brasileiras, o que se reflete em nosso dia a dia, muito mais do que possamos imaginar.

Abracopel e Cobrecom, juntas por uma eletricidade mais segura.

Siga-nos

parceiros Abracopel

parceiros Abracopel

Vídeo

Webinar - Contratando profissionais que atendam a NR-10