Proteção contra Sobretensão – Proteja seus Equipamentos Eletrônicos

Escrito por abracopel 31 de janeiro de 2017 0 comentários visto 1052 vezes

 

A facilidade do crédito dos últimos anos trouxe o acesso ao tão sonhado equipamento eletrônico à praticamente todos os brasileiros. Televisores de última geração, home theater, sistemas de som, computadores e tantos outros equipamentos foram adquiridos e instalados em nossas casas. Com esta demanda, uma pergunta fica no ar: Será que a instalação elétrica está preparada para receber todos estes equipamentos? Na maioria dos casos a resposta é: não está ou não sei se está, pois esta é uma prática do brasileiro, ou seja, não verificar sua instalação elétrica periodicamente.

Então vamos nos ater à proteção dos equipamentos eletrônicos. Comecemos com uma nova pergunta: Você já teve ou conhece alguém que teve algum equipamento eletrônico danificado durante tempestades com raios, ou mesmo quando houve uma interrupção de energia elétrica e, quando voltou, o equipamento não estava mais funcionando? Na maioria dos casos, o motivo desta queima foi o surto de tensão causado na rede, seja ela de energia ou de sinal.

O surto é definido como sendo um aumento significativo da tensão em um curto espaço de tempo, que pode danificar aparelhos eletrônicos (veja figuras 1 e 2)

fig1

Figura 1

fig2a

Figura 2

A descarga atmosférica, ou o raio, como conhecemos, pode causar este surto, mesmo tendo ocorrido longe da sua instalação.

Há várias formas do surto chegar até a instalação elétrica, além de ser conduzido por fios que chegam à instalação elétrica, eles podem ser induzidos pelo ar, quando acontecem próximo aos fios através de indução magnética. As ilustrações das figuras 3 e 4 mostram como pode acontecer.

 

fig3

Figura 3

fig4

Figura 4

Quando isso acontece, o dano é praticamente inevitável, certo?  Errado, há um dispositivo no mercado conhecido como DPS – Dispositivo de Proteção contra Surtos de Tensão – que desvia este “surto” para a terra quando este ocorre, e não permite que ele chegue à sua instalação e, consequentemente, aos seus equipamentos, preservando-os. A instalação deste dispositivo requer um conhecimento mais aprofundado de uma instalação elétrica, portanto só pode ser realizado por um profissional habilitado. Porém, o benefício é enorme, já que um equipamento danificado pode causar um transtorno muito grande. Por outro lado, a instalação deste dispositivo em uma instalação elétrica predial está previsto desde abril de 2005, quando foi publicada a norma técnica NBR 5410/2004. Esta norma rege as instalações elétricas de baixa tensão, ou seja, instalações elétricas prediais. Nela, há a obrigatoriedade da instalação de dispositivos de proteção contra surto em todas as instalações de baixa tensão como forma de proteção.

Pense nisso!

Edson Martinho é Engenheiro Eletricista, Diretor Executivo da Abracopel, palestrante, e colunista em várias mídias.

 

Social Followers

Vídeo

Webinar - Contratando profissionais que atendam a NR-10

Galeria de fotos

Doe qualquer valor clicando abaixo