Você, empresa, está sabendo se comunicar com seus diferentes públicos alvo?

Escrito por abracopel 13 de abril de 2018 0 comentários visto 279 vezes

Por Meire Biudes Martinho

Recentemente, estive na Feicon em São Paulo e tive a grata oportunidade de rever amigos e parceiros de trabalho. Conversando com queridas amigas, assessoras de imprensa do setor como eu, estávamos comentando as dificuldades do último ano em que muitas de nós perdemos clientes devido à ‘famosa’ crise.

Um parêntesis aqui se faz necessário: é bem interessante, para não usar outra palavra mais direta, em como a crise é usada para justificar uma série de ações desconexas entre si – senti na pele a perda de um parceiro de nossas ações pela Abracopel, que usou a crise e a mudança do foco dos recursos financeiros para outras questões ‘mais relevantes’ como motivação. Não consigo imaginar algo mais relevante do que alinhar a sua marca e seu produto a uma entidade séria, que há mais de uma década luta e briga de frente pelo crescimento de um mercado de qualidade, em que somente empresas e produtos qualificados e certificados possam florescer. Final do parêntesis e do desabafo.

Pois bem, estávamos conversando sobre a dificuldade que essas empresas – grande líderes do setor elétrico mundial – têm em entender que a comunicação que precisa ser feita é diferente do caminho que elas andam traçando na atualidade.

Do que estou falando? Dessa relação comunicação virtual x comunicação presencial. Ok, vivemos o mundo da tecnologia, das conexões, dos leads, dos webinares, dos e-mails marketing super sedutores em que é praticamente impossível não clicar. Sim, essa é a realidade do mercado de comunicação atual, e em todos os segmentos, mas isso não significa que é o caminho certo – eu até me arrisco a dizer que é somente o caminho mais fácil.

Afinal, dá trabalho realizar ações presenciais. Dá muito trabalho e muito stress – e eu sei do estou falando – organizar eventos e conseguir trazer um público razoável. Dá ainda mais trabalho, conseguir fazer esse público entender a mensagem que você está tentando passar. Enfim: não é algo que se resolve com o clicar de uma tecla.

Palestra Leal – Ricardo Junior

Palestra Nexans – João Cunha

Público presente

As imagens acima mostram o último evento presencial da Abracopel em Chapecó, onde reunimos mais de 200 profissionais.

Em 13 anos de vida, a Abracopel já realizou mais de 300 eventos presenciais entre Seminários, Workshops, Encontros, Congressos, Concursos, Prêmios, Desafios ou simples palestras. Nestas diversas ações presenciais, somente aquelas consideradas técnicas reuniram cerca de 30 mil profissionais. E essa gente toda teve a oportunidade de ouvir e ver palestrantes falando sobre temas importantes para seu dia a dia profissional, tiveram a chance de ver e manusear equipamentos e produtos diversos que são vitais para suas tarefas, puderam conversar – olho no olho – com especialistas do setor e tirar dúvidas, realizaram importantes encontros com seus pares – o famoso networking. Tudo isso não acontece em uma ação virtual, simples assim!

O fato de estar escrevendo sobre isso é que percebi que não é somente um sentimento meu de que as empresas estão se comunicando errado com seus públicos de interesse, é um sentimento compartilhado por outras assessorias de imprensa especializadas em empresas do setor elétrico: a mensagem não está sendo feita de modo a ser entendida.

Quando você tem como público alvo os eletricistas, por exemplo, qual é a mensagem que deve ser entregue a eles? Os profissionais eletricistas vivem um paradoxo: a profissão é importantíssima e deveria ser tratada como tal, porém ela – a profissão – nem regulamentada é, ou seja, temos profissionais que usam o termo eletricista que é visto como uma ocupação e não uma profissão. Assim, temos um profissional que não é reconhecido e que luta em um mercado de trabalho prostituído por pseudos-profissionais que ‘acham que sabem’, cobram pouco e usam materiais de qualidade duvidosa. Difícil ganhar um luta tão desleal como essa, não é?

Mas como devemos nos comunicar com esse profissional? Ora, precisamos dar a eles ferramentas para entrar nessa luta em igualdade de condições. Como? CA-PA-CI-TAN-DO esses profissionais. Dando-lhes argumentos para chegar em seus clientes e provar por A + B que um equipamento de qualidade é mais caro, porque é mais seguro. E que a vida de sua família não tem preço! É assim nos eventos da Abracopel, nós conversamos com este profissional, falamos a sua língua, e o mais importante de tudo: nós ouvimos, entendemos a sua necessidade, a sua carência e vamos atrás da solução.

Tudo isso não pode ser atendido em um webinar, em um e-mail marketing, por mais ilusórios que os milhares de leads possam representar. São apenas números, não pessoas.

E o resultado? Bem, você sabe quem é o ‘cara’ que decide a compra para a construção ou reforma de uma instalação elétrica, certo? Esse ‘cara’ pode até ter uma marca de preferência, mas nada como um evento presencial para que ele possa mudar de ideia diante dos argumentos de outra marca que mostrou e provou que pode ser melhor. É assim que funciona o mercado, meus senhores, e a luta é dura mesmo!

Sei que este texto pode dar a sensação de uma pessoa ressentida porque perdeu um cliente para suas ações. Fiquei triste sim, não nego. Até porque a empresa que saiu, estava conosco desde o início, foram quase 13 anos de parceria e muitas ações compartilhadas. Triste, mas não ressentida. Afinal, na mesma semana ganhamos mais duas novas empresas que entenderam a importância de tudo isso que escrevi aqui.

Então, a pergunta que fica é: será que você, empresa, está se comunicando adequadamente com seus diferentes públicos alvo? Você está falando a língua deles? Está realizando ações em que este público tem a oportunidade, não apenas de sentir a presença da sua marca, mas também vê-la e tocá-la? Ou você anda afundado neste mundo de cliques, likes e leads?

Pense nisso! E caso precise: estamos aqui para ajudar você!

MEIRE BIUDES MARTINHO é jornalista e comunicadora empresarial, gerente e assessora de imprensa da Abracopel, colunista do Portal Universo Lambda e consultora na área de comunicação empresarial.

Siga-nos

parceiros Abracopel

parceiros Abracopel

Vídeo

Webinar - Contratando profissionais que atendam a NR-10