AS DUAS ÚLTIMAS PREMIAÇÕES CELESC: E NÃO MENOS EMOCIONANTES!

Escrito por abracopel 13 de novembro de 2019 0 comentários visto 1181 vezes

BRUNÓPOLIS – DESENHO 1 – LEONARDO OLIVEIRA

A premiação na pequenina cidade de Brunópolis, no meio oeste catarinense, município com apenas 2.900 habitantes, foi uma das mais diferentes que já fizemos. E olha que temos história para contar nestes oito anos do concurso. Acontece que a Escola Municipal Vicente Pires, não fica dentro da área urbana do município, e sim em uma área rural, dentro de uma comunidade chamada Galegos. Quando paramos em uma loja da cidade para perguntar sobre a escola, já que a mesma não possuía endereço reconhecido, os atendentes nos olharam com ‘pena’ quando dissemos que precisávamos ir até a comunidade Galegos. Eles abriram o Google Maps e foram nos mostrando o difícil caminho dentro da área que teríamos que seguir para encontrar a escola. Bom, depois de muitas explicações e mais dúvidas do que certezas fomos em direção ao carro, quando fomos abordados por um senhor de nome João, agricultor local que estava na loja e ouviu nossa conversa. Ele, gentilmente se ofereceu a nos guiar até a escola: “Conheço essa região igual a feijão preto!”, disse ele! Não tivemos dúvida: colocamos o ‘Seu João’ no carro e lá seguimos por estradas de terra e pedra, plantações e mais plantações, animais no pasto: bois, ovelhas, carneiros. E nada de aparecer nem uma casinha, quanto mais uma escola. Depois de muito rodar, enfim uma placa: Comunidade Galegos. Ufa! ‘Seu João’ nos levou certinho até a escola que já nos esperava ansiosos.

Lá estava o Leonardo Oliveira, autor deste desenho incrível, que mostra exatamente a realidade em que ele vive, ou seja, a zona rural, implementos agrícolas, plantações. Leonardo nos esperava com sua mãe que nos disse que já tem uma semana que ele não dorme, tamanha a ansiedade!

O pessoal da Celesc chegou e já nos esperava três funcionárias da Secretaria de Educação de Brunópolis, já que a Secretária de Educação estava em Florianópolis em um curso. Fizemos a premiação com as crianças do período da tarde que presenciaram a premiação do Leonardo e ficaram super animados para participar no ano que vem.

Leonardo Oliveira ganhou seu tablet, seu troféu e certificado; sua professora orientadora Pamela Oliveira de Souza também recebeu seu tablet, troféu e certificado, bem como a escola na pessoa de sua diretora Marcia Mello de Oliveira recebeu o troféu e o certificado. A Escola Municipal Vicente Pires também premiou uma aluna que se classificou em 9º lugar na mesma categoria de Leonardo.

Uma premiação mais do que emocionante, diferente e super emocionante.

VEJAM A GALERIA DE IMAGENS DESTA PREMIAÇÃO

POMERODE – REDAÇÃO 1 – BRUNA REINKE

A última premiação aconteceu na bela Pomerode, conhecida como a cidade mais alemã do Brasil. A história dessa inscrição é bem interessante: o professor Luiz Carlos Hellmann, de Educação Física recebeu a notificação da Secretaria de Educação do estado sobre o projeto, porém faltavam apenas duas semanas para o prazo final. Ele conversou com seus alunos dizendo que gostaria de participar, mas que seria muito difícil qualquer classificação pelo prazo estar muito apertado. E desafiou os alunos para ver quem gostaria, assim mesmo, de participar. Uma aluna aceitou o desafio e começou sua pesquisa e em duas semanas a redação ficou pronta. O professor enviou a inscrição, apenas uma única inscrição de sua escola: uma redação duplamente vencedora! A aluna Bruna Reinke foi a vitoriosa na categoria Redação 1 na Etapa Regional CELESC e também foi a vencedora na categoria Nacional.

Imaginem a surpresa e a alegria do professor, da aluna e da escola E. E. B. M. Duque de Caxias! Essa vitória motivou a todos e, segundo o professor Luiz Carlos, ano que vem teremos inscrições da escola inteira. Vamos cobrar essa promessa, ok professor?

Na premiação, tivemos a participação pela CELESC do gerente do núcleo de Blumenau, Claudio Varella, o chefe da agência de Pomerode, Djair França, da gerente da divisão administrativa e financeira, Beatriz Haskel e da assistente social, Bruna Freiberger. Varella já acompanha o concurso desde o início da parceria com a CELESC, mas como disse, é sempre uma emoção renovada!

Todos reunidos no belo ginásio da escola aplaudiram a grande vencedora, que leu sua redação vencedora para todos que, admirados pela qualidade do texto, ouviram atentamente. Bruna recebeu dois tablets, dois troféus e dois certificados, assim como seu professor Luiz Carlos. A diretora da escola, Edilza Trierveiler, recebeu o troféu para a escola vencedora.

Esta foi a última premiação da Etapa Regional CELESC, foram três dias, cinco escolas, mais de mil quilômetros rodados pelas cidades do interior catarinense. O cansaço, nem de perto se equipara com a alegria e emoção dos sorrisos que encontramos pelo caminho. A cada nova premiação mais certeza temos da importância deste projeto e de como é fundamental que ele cresça, que mais empresas tenham, como a CELESC, a sensibilidade e a percepção de aliar sua marca a uma ação de cunho social e educacional. Um projeto que, em sua essência, salva vidas… pequenas e preciosas vidas e que conscientiza nossas crianças, adolescentes e jovens para a importância da eletricidade segura. Estamos formando um ‘time’ de respeito em todas as partes deste país. Um time de multiplicadores da segurança. Que tenhamos mais apoio para fazer este projeto crescer e expandir para muito mais cidades e escolas! A palavra final é de agradecimento à CELESC por estar e continuar conosco, sem essa parceria não teríamos chegado a tantas cidades catarinenses!

VEJAM A GALERIA DE IMAGENS DESTA PREMIAÇÃO

Siga-nos

parceiros Abracopel

parceiros Abracopel

Próximos Eventos

  • Nenhum evento

Vídeo

Webinar - Contratando profissionais que atendam a NR-10