CONCURSO: SANTA CATARINA SURPREENDE MAIS UMA VEZ COM CERIMÔNIAS EMOCIONANTES

Escrito por abracopel 11 de dezembro de 2016 0 comentários visto 1264 vezes

 

Durante a última semana, o interior de Santa Catarina recepcionou a Abracopel de maneira emocionante e surpreendente: pequenas cidades, algumas rurais, nos aguardavam ansiosos e felizes.

Essa ansiedade foi uma constante começando por Massaranduba, uma pequenina cidade do interior catarinense, rodeada por montanhas. A Escola de Educação Básica Maria Konder Bornhausen fica dentro de uma comunidade madeireira, escondida nas montanhas. Um lugar muito bonito, com crianças muito talentosas. Essa escola classificou não somente o vencedor na categoria Desenho 1, Gabriel Finaci, como também outros 3 finalistas na categoria Redação 1. A diretora da escola, Prof.a Tania Deretti e a professora orientadora vencedora, Iliziane Ranghetti nos aguardavam, bem como todos os alunos para uma linda festa de premiação. A escola, que já possui uma galeria de troféus está sempre em busca de motivar seus alunos para participarem dos mais diversos projetos. E o resultado não poderia ser outro, uma escola campeã. A Celesc, parceira da Abracopel neste projeto, esteve presente com o gerente da regional Blumenau, Cláudio Varella, que nos disse ter ficado impressionado com o resultado deste projeto e com o engajamento da escola para a concretização do mesmo.

A 2ª premiação aconteceu em Blumenau, em uma escola que atende quase 2 mil alunos. A Escola Estadual Santos Dumont estava em festa e realizou uma cerimônia com todos os requisitos de um grande evento: mestre de cerimônia, composição de mesa, auditório cheio e muita emoção. O diretor, Chin Yock Chang estava muito feliz com o resultado de sua aluna, Helena Furtado, vencedora na categoria Redação 2, sob a supervisão da professora Edilamar Simão que estava muito emocionada com a vitória de sua aluna. Esta professora tem uma história de vida dentro da educação e, atualmente, prepara os alunos de final de ensino médio para as provas de vestibular e Enem, justamente no item redação. Presente, representando a Celesc nesta premiação, Beatriz Monica, da área de responsabilidade socioambiental na regional Blumenau. Beatriz ficou encantada com a mobilização de toda a escola em torno desta premiação e que, certamente, a vitória da Helena mobilizará todos seus companheiros para participarem na edição do ano que vem.

Seguimos para Presidente Getúlio, outra comunidade rural. A pequena Escola Estadual Papa João XXIII nos aguardava para premiar a aluna Ellen Vahl, vencedora na categoria Desenho 2. Nesta escola outros alunos também foram premiados nesta mesma categoria em 3º, 8º e 10º lugares, todos orientados pela Prof.a Elenice Ridieri. Nesta premiação, tivemos a presença da Secretaria Regional de Educação, prestigiando a escola vencedora. O diretor, Prof. Bruno Loch salientou que busca sempre inserir seus alunos em competições regionais e estaduais, justamente para mostrar-lhes que mesmo estando em uma comunidade pequena é possível se destacar quando existe esforço e força de vontade. Certamente concordamos com o prof. Bruno e este projeto mostra que esse esforço se torna realidade.

A última premiação em Santa Catarina, pela parceria Celesc, aconteceu em Morro da Fumaça, na EE Vitório Búrigo. Da mesma forma que a maioria das escolas premiadas, esta também dentro de uma comunidade afastada do centro urbano. Este foi um cenário constante nas premiações em Santa Catarina: comunidades pequenas, rurais e muito unidas. Um pedaço deste Brasil digno de nota. Um pequeno espaço em que todos se ajudam, se conhecem e comemoram juntos as vitórias de seus vizinhos. Uma alegria genuína que vimos nesta escola, em que todos os pais das alunas vencedoras compareceram para prestigiar suas filhas e a escola. Uma ligação muito importante entre família e escola que reflete na educação dessas crianças e adolescentes. Uma lição a ser aprendida neste país de tantos desmandos e falta de solidariedade. A vencedora, na categoria redação 1, Milena Niero, é neta de uma professora desta mesma escola, ou seja, já traz o amor à educação no DNA. Também foram finalistas nesta mesma categoria, o 3º e o 7º lugares, alunas da professora orientadora Mayara Bortolotto. Presentes nesta premiação, os representantes da Celesc da regional de Criciúma.

Santa Catarina nos deixou recordações inesquecíveis e lições que jamais sairão de nossa mente. Um povo acolhedor, simples e muito correto. Seguem suas vidas cuidando de suas casas e seus jardins, mas também de toda a comunidade de seu entorno. Beleza, limpeza e ordem foi o que vimos por todo o interior deste estado encantador. Nosso desejo é que possamos voltar em 2017, premiando estas ou outras cidades e escolas que nos mostraram que sabem cuidar tão bem da educação de suas crianças.

GALERIA DE IMAGENS DAS PREMIAÇÕES EM SANTA CATARINA

BLUMENAU

MASSARANDUBA

PRESIDENTE GETÚLIO

MORRO DA FUMAÇA

Siga-nos

parceiros Abracopel

parceiros Abracopel

Vídeo

Webinar - Contratando profissionais que atendam a NR-10