CONCURSO: SANTA CATARINA SURPREENDE MAIS UMA VEZ COM CERIMÔNIAS EMOCIONANTES

Escrito por abracopel 11 de dezembro de 2016 0 comentários visto 973 vezes

 

Durante a última semana, o interior de Santa Catarina recepcionou a Abracopel de maneira emocionante e surpreendente: pequenas cidades, algumas rurais, nos aguardavam ansiosos e felizes.

Essa ansiedade foi uma constante começando por Massaranduba, uma pequenina cidade do interior catarinense, rodeada por montanhas. A Escola de Educação Básica Maria Konder Bornhausen fica dentro de uma comunidade madeireira, escondida nas montanhas. Um lugar muito bonito, com crianças muito talentosas. Essa escola classificou não somente o vencedor na categoria Desenho 1, Gabriel Finaci, como também outros 3 finalistas na categoria Redação 1. A diretora da escola, Prof.a Tania Deretti e a professora orientadora vencedora, Iliziane Ranghetti nos aguardavam, bem como todos os alunos para uma linda festa de premiação. A escola, que já possui uma galeria de troféus está sempre em busca de motivar seus alunos para participarem dos mais diversos projetos. E o resultado não poderia ser outro, uma escola campeã. A Celesc, parceira da Abracopel neste projeto, esteve presente com o gerente da regional Blumenau, Cláudio Varella, que nos disse ter ficado impressionado com o resultado deste projeto e com o engajamento da escola para a concretização do mesmo.

A 2ª premiação aconteceu em Blumenau, em uma escola que atende quase 2 mil alunos. A Escola Estadual Santos Dumont estava em festa e realizou uma cerimônia com todos os requisitos de um grande evento: mestre de cerimônia, composição de mesa, auditório cheio e muita emoção. O diretor, Chin Yock Chang estava muito feliz com o resultado de sua aluna, Helena Furtado, vencedora na categoria Redação 2, sob a supervisão da professora Edilamar Simão que estava muito emocionada com a vitória de sua aluna. Esta professora tem uma história de vida dentro da educação e, atualmente, prepara os alunos de final de ensino médio para as provas de vestibular e Enem, justamente no item redação. Presente, representando a Celesc nesta premiação, Beatriz Monica, da área de responsabilidade socioambiental na regional Blumenau. Beatriz ficou encantada com a mobilização de toda a escola em torno desta premiação e que, certamente, a vitória da Helena mobilizará todos seus companheiros para participarem na edição do ano que vem.

Seguimos para Presidente Getúlio, outra comunidade rural. A pequena Escola Estadual Papa João XXIII nos aguardava para premiar a aluna Ellen Vahl, vencedora na categoria Desenho 2. Nesta escola outros alunos também foram premiados nesta mesma categoria em 3º, 8º e 10º lugares, todos orientados pela Prof.a Elenice Ridieri. Nesta premiação, tivemos a presença da Secretaria Regional de Educação, prestigiando a escola vencedora. O diretor, Prof. Bruno Loch salientou que busca sempre inserir seus alunos em competições regionais e estaduais, justamente para mostrar-lhes que mesmo estando em uma comunidade pequena é possível se destacar quando existe esforço e força de vontade. Certamente concordamos com o prof. Bruno e este projeto mostra que esse esforço se torna realidade.

A última premiação em Santa Catarina, pela parceria Celesc, aconteceu em Morro da Fumaça, na EE Vitório Búrigo. Da mesma forma que a maioria das escolas premiadas, esta também dentro de uma comunidade afastada do centro urbano. Este foi um cenário constante nas premiações em Santa Catarina: comunidades pequenas, rurais e muito unidas. Um pedaço deste Brasil digno de nota. Um pequeno espaço em que todos se ajudam, se conhecem e comemoram juntos as vitórias de seus vizinhos. Uma alegria genuína que vimos nesta escola, em que todos os pais das alunas vencedoras compareceram para prestigiar suas filhas e a escola. Uma ligação muito importante entre família e escola que reflete na educação dessas crianças e adolescentes. Uma lição a ser aprendida neste país de tantos desmandos e falta de solidariedade. A vencedora, na categoria redação 1, Milena Niero, é neta de uma professora desta mesma escola, ou seja, já traz o amor à educação no DNA. Também foram finalistas nesta mesma categoria, o 3º e o 7º lugares, alunas da professora orientadora Mayara Bortolotto. Presentes nesta premiação, os representantes da Celesc da regional de Criciúma.

Santa Catarina nos deixou recordações inesquecíveis e lições que jamais sairão de nossa mente. Um povo acolhedor, simples e muito correto. Seguem suas vidas cuidando de suas casas e seus jardins, mas também de toda a comunidade de seu entorno. Beleza, limpeza e ordem foi o que vimos por todo o interior deste estado encantador. Nosso desejo é que possamos voltar em 2017, premiando estas ou outras cidades e escolas que nos mostraram que sabem cuidar tão bem da educação de suas crianças.

GALERIA DE IMAGENS DAS PREMIAÇÕES EM SANTA CATARINA

BLUMENAU

MASSARANDUBA

PRESIDENTE GETÚLIO

MORRO DA FUMAÇA

Social Followers

Vídeo

Webinar - Contratando profissionais que atendam a NR-10

Galeria de fotos

Doe qualquer valor clicando abaixo