Você conhece as consequências do choque elétrico no corpo humano?

Escrito por abracopel 7 de dezembro de 2018 0 comentários visto 6124 vezes

Uma das frases mais utilizadas pela Abracopel nos últimos 15 anos, é dizer que a eletricidade não tem cheiro e não tem cor, por consequência, com eletricidade não se brinca!

Mesmo com tanto trabalho sendo desenvolvido pela Associação, ainda é muito grande o número de acidentes elétricos.

Infelizmente, diariamente são divulgadas notícias sobre mortes causadas por choque elétrico.

Recentemente, mais uma pessoa morreu eletrocutada realizando uma manutenção na rede elétrica na cidade de Sete Quedas, em Mato Grosso do Sul. A vítima era um eletricista que cuidava da manutenção da rede elétrica de alta tensão.

Estastísticas de mortes por choque elétrico são alarmantes

Segundo dados coletados pela Abracopel, somente no ano de 2017 foram registradas 617 mortes devido a choque elétrico. Estima-se que este número possa ser de 4 a 5 vezes maior do que o apresentado.

Os números apresentados no Anuário Estatístico de Dados de Acidentes de Origem Elétrica da Abracopel apontam uma realidade assustadora: o acumulado de mortes por choque-elétrico entre 2013 e 2017, segundo a coleta realizada pela associação, é de 3.025 mortes! Sabe o que isto significa? Que se morre muito mais brasileiros devido ao choque elétrico, do que pela dengue!

Será que se mais pessoas soubessem os danos que um choque elétrico causa no corpo humano, ainda haveria tantos acidentes com eletricidade?

Um homem morre e dois ficam feridos devido a descarga elétrica no Amapá.

Já imaginou quais seriam as consequências se sofresse um choque elétrico?

Se uma pessoa sofrer um choque-elétrico, as consequências podem ser diversas, dentre elas: Queimaduras; Contrações Musculares e Sistema Nervoso, podendo ainda afetar órgãos vitais, como o Coração e o Pulmão.

No caso dos órgão vitais, a vítima poderá vir a falecer se não for socorrida imediatamente, pois, o músculo do diafragma poderá ficar “congelado” em um estado de tétano por corrente elétrica.

Mais uma vítima morre devido a descarga elétrica, desta vem em Piracicaba, cidade de São Paulo.

Mesmo as correntes muito baixas são capazes de influenciar para que o coração não bata corretamente e passe para uma condição conhecida como fibrilação.

Um coração fibrilante flutua ao invés de bater, incapacitando o mesmo de bombear sangue para órgãos vitais no corpo. Essa situação poderá levar a vítima a morte se não for socorrida imediatamente. Os pulmões também podem parar, causando séria asfixia.

Como deve ser socorrida uma vítima de choque elétrico?

A vítima de um choque elétrico deve ser socorrida imediatamente, iniciando pelo corte da corrente elétrica. Se não for possível cortar a corrente, a pessoa deve ser afastada por meio de um material isolante.

Por exemplo, jamais tente desgrudar a pessoa na força, pois poderá ficar grudado junto ou machucá-la fortemente. Neste caso, o Corpo de Bombeiros e o Resgate deverão ser acionados com urgência!

Siga-nos

parceiros Abracopel

parceiros Abracopel

Vídeo

Webinar - Contratando profissionais que atendam a NR-10