E depois de 14 anos, ainda estamos aqui…

Escrito por abracopel 2 de fevereiro de 2019 0 comentários visto 393 vezes

E hoje completamos 14 anos de existência. A Abracopel, uma adolescente em plena efervescência, continua a caminhar na direção de um Brasil com instalações elétricas mais seguras. Um Brasil em que não tenhamos que fechar estatísticas compondo quase duas mortes por dia causadas por choques elétricos.

A missão da Abracopel sempre foi clara e límpida: conscientizar a população brasileira sobre os riscos (que ela mesma corre) que a eletricidade oferece quando não é devidamente respeitada.

Essa conscientização tem sido feita incansavelmente. Ações são pensadas e implementadas todos os anos, na busca pela diminuição dos acidentes de origem elétrica. Buscamos atingir profissionais, crianças, adolescentes, donas de casas, jornalistas, professores, alunos, eu e você.

Buscamos apoio financeiro com as empresas de maior credibilidade do setor elétrico. Não aceitamos recursos de empresas que não tenham compromisso com a segurança. Esta atitude da Abracopel, ao mesmo tempo em que nos trouxe uma credibilidade invejável, também nos limitou financeiramente. E a cada ano, temos que ir até estas empresas e mostrar – de novo e de novo – a importância de nossa luta. E como elas, empresas, se beneficiam, em lutar ao nosso lado.

Nem sempre conseguimos. Algumas deixam de nos ajudar com argumentos modernos e ‘virtuais’. Mas, felizmente, outras chegam, com ânimo renovado. E, assim, continuamos a acreditar que um dia chegaremos em um nível de segurança tão alto neste país, que a Abracopel deixará de existir.

Sim, leitores, este é nosso sonho. O dia em que a Abracopel deixará de ser importante.

Mas, infelizmente, este dia ainda está longe de chegar. Fechamos as estatísticas de 2018 e, se podemos comemorar um ‘não aumento’ no número de mortes por choque elétrico, temos muito com que nos preocupar com o aumento absurdo de incêndios – e mortes – por sobrecargas e curtos-circuitos. O Anuário Estatístico de Acidentes de Origem Elétrica, outra ação exclusiva da Abracopel, será lançado em breve. Sabemos da expectativa de jornalistas e profissionais do nosso setor para saber como anda o Brasil no que se refere a acidentes de origem elétrica.

Nosso Anuário, assim como tudo o que realizamos, possui uma incrível credibilidade. Nossos dados são usados, não somente pelas mídias nacionais para traçar um cenário das instalações elétricas brasileiras, como também por profissionais do setor, entidades afins que usam nossos dados para traçar estratégias de ação em lançamentos de produtos e serviços.

Essa credibilidade, como citei acima, tem um custo alto, mas pagamos este custo com satisfação, simplesmente porque acreditamos naquilo que fazemos. Ainda existem pessoas que vivem e acreditam em um ideal. Aqui na sede da Abracopel, como também nas cinco Regionais e nos mais de 100 membros do nosso Conselho Consultivo espalhados pelo país, temos pessoas, abracopelenses, como gostamos de nos chamar, que acreditam no ideal da segurança. Que lutam, brigam, defendem a necessidade de termos instalações elétricas com um mínimo de dignidade neste país.

Hoje fazemos 14 anos. Pouco tempo para o tanto que já fizemos. Muito tempo, para o pouco que avançamos. As autoridades, estas que resolvem tudo, não nos conhecem. Aliás, algumas nos conhecem sim, mas nenhuma delas nos reconhecem. Reconhecem nossa importância. Já passou da hora de termos anualmente uma Campanha Nacional de Alerta aos Acidentes de Origem Elétrica. As empresas distribuidoras de energia fazem muitas ações importantes em suas áreas de concessão. Ao contrário do que a grande imprensa alardeia, essas empresas se preocupam sim com o alto número de acidentes e buscam realizar ações de conscientização e alerta. Mas, ainda é muito pouco, perto do tamanho deste país.

Precisamos, urgentemente, unir forças: Abracopel, empresas distribuidoras, empresas do setor elétrico, governo e sociedade, para que tenhamos efetivamente resultados positivos, ou melhor, resultados negativos nos números de acidentes.

Queremos zerar essa conta, mas sozinha, a Abracopel não pode fazer muito. Tem feito o que lhe é possível fazer, mas falta! Falta você! Venha brigar conosco por uma sociedade mais segura! Associe-se! Seja um abracopelense de alma e coração!

Siga-nos

parceiros Abracopel

parceiros Abracopel

Vídeo

Webinar - Contratando profissionais que atendam a NR-10